Um misto de arte e saudade

Depois de 13 anos longe de São Paulo, a cenógrafa e artista plástica Nazaré Brasil, 46, voltou para a cidade natal e para a avenida que sempre foi o seu quintal, a São João.

“Sempre fui do mundo. Era bastante itinerante. Cada época estava em algum lugar, montando shows, fazendo os palcos. Mas quando criança, brincava na São João”, comenta.

Centro Ocupado

Ficou sabendo do movimento por conta das irmãs e, apesar de não ter o entendimento e a dimensão do que era aquela luta, resolveu arriscar.

Hoje, estudando publicidade e propaganda, coordena o Centro Cultural do prédio da Avenida São João, 588. Nazaré tem como meta  formar no centro da cidade um ponto de cultura para a periferia. “O Centro de São Paulo continua sendo o lugar onde todos os artistas gostariam de estar”, sentencia Nazaré.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s